Caracterização de poluição sonora e perturbação do sossego em uma fonte tonal: o caso da sirene da lanchonete


Resumo

A caracterização da poluição sonora constitui-se um desafio por se tratar de um tipo de evento que deixa vestígios de difícil quantificação e análise, cessando assim que interrompida a atividade da fonte emissora.  Apesar de haver normas que tratam da questão no ordenamento jurídico brasileiro, as medidas adotadas pelo poder público no sentido de caracterização desse tipo de poluição podem não ser tomadas de forma eficaz, principalmente devido à especificidade da norma técnica vigente e às dificuldades em sua interpretação por parte do Perito Criminal. Visando colaborar para uma maior facilitação nesse sentido, o presente trabalho consiste em um relato de experiência a respeito da medição dos níveis de pressão sonora de uma fonte poluidora em uma lanchonete, visando fornecer à autoridade requisitante elementos que possibilitassem a tipificação dos delitos cabíveis. Destarte, foi possível estabelecer os níveis de pressão sonora, conforme o exigido pela norma ABNT NBR 10151:2019, a partir dos procedimentos técnicos necessários para a caracterização de uma sirene como uma fonte emissora de ruído do tipo tonal. No presente relato são discutidos os aspectos e as dificuldades na aplicação da referida norma técnica, bem como as possíveis implicações penais.


Palavras-chave

poluição sonora
perturbação do sossego
crime ambiental
poluição
sonômetro
som tonal

Referências

  1. FARIAS, A.; HECKERT, B. T.; KERBER, F. F.; VIEIRA, J. P. P.; OLIVEIRA, R. S. Crimes de Poluição. In: TOCCHETTO, D. (Org.). Perícia Ambiental Criminal. 3 ed. Campinas: Millennium, 2014.
  2. DE FREITAS, G. P.; GUERRA, I. F. Poluição sonora: aspectos pontuais. Cadernos Jurídicos, São Paulo, ano 20, nº 48, p. 185-221, 2019.
  3. ALDEIA, G. L.; SOUSA, D. M. M.; SILVA, L. H. C.; LEITE, T. S. A. POLUIÇÃO SONORA: uma ameaça à saúde? Revista Saúde e Meio Ambiente, v. 9, n. 3, p. 34-40, 2019.
  4. BRASIL. LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Brasília, 1998.
  5. MOREIRA, Rodrigo Pereira; DA FONSECA, Jaquiel Robinson Hammes. Poluição Sonora e Direito ao Sossego. Revista da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Uberlândia, v. 48, n. 1, p. 366-391, 2020.
  6. BRASIL. Constituição Federal de 1988. Brasília, DF, 5 out. 1988.
  7. BRASIL. Decreto-Lei n. 3.688 de 3 de outubro de 1941. Institui a Lei das Contravenções Penais. Rio de janeiro, RJ, 1941.
  8. Ap. Crim. N. 16433.05.169449.8.01. Comarca de Montes Claros. Rel.; Des. Herculano Rodrigues, j. 13.09.2207.
  9. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10151: Acústica — Medição e avaliação de níveis de pressão sonora em áreas habitadas — Aplicação de uso geral. Rio de Janeiro, 2019.
  10. BRASIL. Resolução CONAMA nº 001/1990, de 08 de março de 1990. Dispõe sobre critérios de padrões de emissão de ruídos decorrentes de quaisquer atividades industriais, comerciais, sociais ou recreativas, inclusive as de propaganda política. Diário Oficial da União nº 63, de 2 de abril de 1990, Seção 1, página 6408.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Revista Brasileira de Criminalística

Compartilhe

Download

Autor(es)

  • André Carrara Cotomacio,
  • André Carrara Cotomacio

    Instituto de Criminalística de São Paulo

    https://orcid.org/0000-0003-1471-5093

    Perito Criminal Oficial com atuação na área de Engenharia Forense.

    Engenheiro de Segurança do Trabalho, é Mestre em Engenharia de Produção e Graduado em Engenharia de Controle e Automação. Possui MBA em Finanças e Pós-Graduação em Administração de Empresas. Com especialização em Auditoria, Gestão e Perícia Ambiental, atualmente é Pós-Graduando em Eng. Diagnóstica: Patologia, Desempenho e Perícias na Construção Civil. É autor do livro: Manual prático de perícia criminal em acidentes de trabalho.

    LinkedIn: http://linkedin.com/in/andrecotomacio
    http://lattes.cnpq.br/2074128686864231
    https://orcid.org/0000-0003-1471-5093